JORNADA DE TRABALHO HÍBRIDA É A PREFERIDA PELOS COLABORADORES

0

Recentemente uma pesquisa encomendada pelo Google Cloud com cerca de mil colaboradores de diversas empresas no Brasil, mostrou que 59% dos entrevistados de empresas que ainda não decidiram qual será o modelo de trabalho após a pandemia, preferem o modelo híbrido, que alterna entre home office e escritório.

Esse percentual aumenta para 76% dos entrevistados, na faixa etária mais jovem, de 18 a 21 anos.

Para Marco Bravo, Head do Google Cloud no Brasil, a pandemia provocou em todo o mundo uma grande mudança na cultura de colaboração no ambiente de trabalho e as empresas tiveram de tornar este modelo possível de uma hora para a outra. Bravo ressaltou que foi a tecnologia o que manteve as pessoas conectadas, num primeiro momento, mas agora está ajudando-as a serem mais produtivas no dia a dia.

Uma outra pesquisa, da Zoom Vídeo Communications, com cerca de 1500 trabalhadores dos Estados Unidos, segue a mesma linha e destaca que as pessoas estão cada vez mais interessadas em, no final da pandemia, assumir um regime de trabalho híbrido. E as empresas também têm adotado essa jornada, adaptando o ambiente de trabalho às necessidades tanto da empresa quanto dos colaboradores.

Para 65% dos entrevistados que trabalharam de forma remota no ano passado, o modelo que alterna o trabalho em casa e no escritório seria o ideal. Além disso, mais da metade (66%) dos colaboradores também destacou que espera ansiosamente pela volta ao trabalho presencial.
Um grande desafio diante desse cenário é a possibilidade da empresa poder alternar entre esse modelo híbrido, além das condições de trabalho, visto que poderá ser necessário investimento em equipamentos para garantir que as atividades possam ser desenvolvidas tanto no escritório como em casa.

Deixe um comentário