Como alavancar minha empresa de forma estratégica?

Diversos são os fatores que podem interferir no sucesso de um negócio. Nos dias atuais, pensa-se muito que, o dinheiro, é uma das principais causas para ser um bom empreendedor. Posso dizer que o dinheiro pode sim ajudar, mas ter dinheiro sem ter a competência necessária para usá-lo de maneira adequada, de nada adianta.
Dar início em um plano de ação antes de dar o primeiro passo é essencial. O plano de ação é o resultado de todo planejamento, para alcançar seu objetivo com os melhores resultados possíveis.
Definir metas de curto, médio e longo prazo é um dos primeiros passos. Assim como em nossa vida pessoal, temos a necessidade de estabelecer um objetivo a alcançar. Nessa época de começo de ano, aproveitamos para elaborar aquela lista de promessas e tratamos de traçar as metas. Na vida profissional não é diferente. As metas irão te ajudar a ter uma visão de futuro.
Pesquise à sua volta. As empresas possuem qualidades diferentes, em que você poderá se destacar? Ofereça algo novo. Atendimento, status , tecnologia , serviços exclusivos… Tudo pode ser um diferencial sendo bem feito.
A análise Swot é uma ferramenta muito usada no mercado de trabalho. Com ela é possível definir as análises estratégicas de sua empresa. “Análise Swot é uma abreviação das palavras em inglês strengths, weaknesses, opportunities e threats, que significam forças, fraquezas, oportunidades e ameças respectivamente”. As forças e fraquezas são atributos da organização, ou seja, defini sua origem interna. As oportunidades e ameaças são atributos do ambiente, sendo de origem externa. O empreendedor tende a analisar sua organização sob diversos pontos, de uma forma simples e objetiva.
É importante conhecer sua empresa dos “pés à cabeça”. Entender sobre o que você quer passar para o mercado é praticamente uma obrigação. Não esqueça, o cliente é o seu maior foco, são eles que trazem rendas e lucros para o negócio.
Não podemos esquecer que a busca por crescimento, é uma jornada que não conseguiremos fazer sozinhos. Buscar funcionários capacitados está cada vez mais difícil, porém, com um bom processo seletivo você pode ser assertivo.
É importante ter em mente que os colaboradores podem não permanecer por muito tempo na equipe. Mas perder um funcionário capacitado? Sem chance!
Motivação! As pessoas que estão envolvidas em seu negócio precisam saber de sua importância. Busque sempre manter seus funcionários motivados. Existem várias formas de se ter motivação, seja com um elogio ou com algum bônus no final do mês… Cada pessoa tem uma forma de se sentir motivada, e querendo ou não, somos sempre movidos por algo. Dê a eles, o reconhecimento que você gostaria de ter.
Lidar com pessoas é uma tarefa difícil, por isso tenha também alguém de confiança ao seu lado, o líder da equipe. Faça seu papel de chefe e o líder lhe ajudará no caminho.
Tenha confiança, organização e paciência. Pense grande e não tenha medo de se arriscar. Lembre-se, crescer é sinônimo de inovar, por isso busque os diferencias que te destaquem em meio a competitividade

PROGRAMA VERDE AMARELO, JOVEM APRENDIZ OU ESTAGIÁRIO. QUAL O MELHOR MODELO DE CONTRATAÇÃO?

Foi lançado na última semana pelo governo, o Programa Verde e Amarelo, que visa trazer maiores oportunidades de emprego para jovens. A medida pretende criar cerca de 4 milhões de empregos e tem foco entre jovens de 18 a 29 anos que ainda não conseguiram seu primeiro registro em carteira.

E quem ganha com isso? As empresas e os jovens.

Hoje os principais modelos de contratação para jovens são o Jovem Aprendiz e os estagiários. Acontece que para contratar um Jovem Aprendiz, obrigatoriamente você precisará contar com outra empresa que ofereça esta opção, e com isso envolvem também os custos, que geralmente são mais altos.

Quando falamos de estagiários, ainda que exista a opção de a própria empresa realizar a administração desses contratos, devido às diversas observações da lei e os baixos custos associados ao programa, acaba por compensar a contratação de um agente de integração para evitar correr riscos jurídicos por descumprimento de algum trecho da lei.

O Programa Verde e Amarelo simplifica a contratação de jovens e tira a obrigatoriedade de ter que contratar outra empresa, com isso reduzindo custos envolvidos.

Vale ressaltar porém, que tanto a contratação pelo modelo Jovem Aprendiz, como do Programa Verde e Amarelo, envolvem registro em carteira e o cumprimento de certas obrigações, ainda que diferenciadas do registro em CLT com todos os direitos.

A única opção que não tem vínculo empregatício, conforme estipulado pela própria lei (desde que cumpridas as exigências), são os estagiários.

Cabe a cada empresa avaliar qual o melhor modelo de contratação para si, seus custos e qual a participação pretende ter na sociedade, mas uma coisa é fato: Estão sendo dados incentivos para que os jovens do nosso país possam ingressar no mercado de trabalho.

Contribuição: Hilder Murilo