DIA DO ESTAGIÁRIO E MÊS DE NASCIMENTO DA CENTRALESTAGIO.COM

0

No dia 18 de Agosto comemora-se o Dia do Estagiário. E foi em Agosto que nasceu também a CENTRALESTAGIO.COM há 17 anos.

Muito temos o que comemorar neste dia, quer seja pelas oportunidades que demos para milhares de estudantes ingressarem no mercado de trabalho ao longo desses anos, quer seja pela retomada das atividades econômicas que está criando um grande crescimento neste mercado para os jovens.

Pesquisa feita pela consultoria Tendência, usando base de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, no primeiro trimestre deste ano, o Brasil tinha 726,6 mil estagiários. O número representa, segundo o estudo, um crescimento de 18,2% em comparação com o mesmo período de 2021. A maior concentração foi registrada na Região Sudeste, com 298,5 mil estudantes em programas de estágio, sendo São Paulo o estado com maior número – 138,8 mil.

Segundo a pesquisa, o crescimento no número de estagiários neste ano acontece devido à volta das atividades presenciais, após dois anos de medidas restritivas impostas pela pandemia de covid-19, e também pela recuperação econômica. No entanto, a expansão acontece em comparação com uma base defasada, dos anos de 2020 e 2021, período em que houve uma grande queda no número de contratos de estágios. Por isso, a quantidade de pessoas ocupadas nessa forma de trabalho ainda está abaixo de 2019, antes da crise sanitária. A projeção da pesquisa é que em 2023 o número de contratos de estágio cresça 8,6% em relação a este ano.

Na CENTRALESTAGIO.COM observamos um crescimento muito grande na busca por estudantes de tecnologia, justamente para atender as necessidades das empresas, que tiveram que se adaptar rapidamente às novas tecnologias durante a pandemia. Porém, neste segundo semestre constatamos que a procura agora por estagiários está mais ampla, indo desde o setor da construção civil, com a busca por exemplo de estudantes de Engenharia, passando pela área administrativa e de Marketing, assim como estudantes de Ensino Médio, que podem estagiar nas mais variadas áreas das empresas.

Segundo ainda a pesquisa, em relação ao perfil dos estagiários, 40,4% são das classes D e E, vivendo em lares com renda domiciliar mensal de até R$ 3 mil. A classe C, com renda entre R$ 3 mil e R$ 7,2 mil, responde 37,7% dos contratados. Estão na classe B, com renda domiciliar mensal entre R$ 7,2 mil e 22,5 mil, 17,9% dos contratados, enquanto 4% são da classe A, com famílias com renda acima desse patamar.

Apesar de mostrar uma realidade de desigualdades sociais, a pesquisa também mostra que o Estágio é importante para inserir estudantes no mercado de trabalho e formar futuros profissionais, assim como ajuda na renda de muitas famílias.

No que depender da CENTRALESTAGIO.COM, continuaremos firmes na busca de oportunidades para esses jovens. Parabéns a todos os envolvidos, estudantes, empresas e escolas.