Como aproveitar melhor o Marketing Digital

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi apontado que quase 130 milhões de brasileiros estão hoje conectados a internet.

Ainda que tablets, televisores e computadores sejam utilizados para acesso, o campeão é o smartphone, que representa incríveis 98% dos usuários que se conectam a rede.

Detalhe, o celular está em nosso bolso (ou em nossa mão) em boa parte do dia. Seja para trocar mensagens, utilizar os mais diversos aplicativos, ler notícias entre outros.

E junto de tudo isso, vem também as propagandas. Sabe quando você pesquisa um item e depois de um tempo você está navegando e só aparecem propagandas daquele item? Pois bem, este é o que na área de Marketing chamamos de Marketing Customizado, que busca atingir a necessidade do cliente para aquele momento.

Sabendo disso, hoje uma das melhores formas para divulgação e propaganda com certeza é a internet. Anúncios em sites como Facebook, Instagram, e Google Adwords (aquele anúncio que aparece em uma página enquanto você está navegando) lideram a lista de investimentos e também de preferências quando o assunto é o valor investido.

Atenção, abaixo vão algumas dicas importantes, pois não adianta colocar altos valores e achar que por si só será suficiente, aliás a primeira dica nem envolve investimento financeiro e ajuda muito quando potencializada com anúncios.

– SEO ou Search Engine Optmization. Haveria espaço para 3 ou 4 posts nesse blog para explicar um pouco mais, mas em resumo, quanto melhor o SEO para o seu site, mais a chance de ele aparecer nas primeiras posições no Google (então imagine, se o seu site já tem um bom resultado no que chamamos de busca orgânica, com anúncio, os resultados são ainda melhores).

– Escolha bem a plataforma. É inegável que o Facebook já viveu seu auge, mas hoje os melhores retornos estão vindo principalmente através de Instagram e Google Ads.

– Descubra quem é seu público. Vivemos uma onda que precisamos pensar na geração Z e tudo mais. Pense nela em como atender hoje e também no futuro, mas a verdade que falando da população economicamente ativa (que é onde está concentrada a maior parte do dinheiro), ainda estão nas pessoas de 25 anos e acima.

– Busque personalizar: Se você tem um comércio de roupas por exemplo, quais as tendências estão sendo buscadas pelo seu público? Não é porque em alguma região determinados produtos têm saída e estão na moda, que vai atingir e satisfazer seu público.

Aprofunde mais, e bons negócios para você!